Sindicato realiza ato em defesa da Caixa nesta quinta (9)

Sindicato realiza ato em defesa da Caixa nesta quinta (9) Destaque

Sindicato realiza ato em defesa da Caixa nesta quinta (9)



“Não à cachorrada do governo. Defenda a Caixa”. Este é o mote do ato que os empregados do banco farão nesta quinta-feira (9), às 11h, em frente ao edifício Matriz I. Organizada pelo Sindicato, a manifestação é um protesto ao desrespeito com os trabalhadores e para mostrar contrariedade às medidas privatistas que estão sendo implantadas pelo governo Bolsonaro e a nova direção da empresa pública.

“A Caixa é o maior agente das políticas públicas desse país, tem história, não parou de crescer, de se desenvolver, de se diversificar. É um banco consolidado e que cumpre com seu papel social há mais de 150 anos. O atual governo tem que respeitar a sua história. Preservar o banco do povo é dar continuidade à promoção da cidadania e do desenvolvimento do país”, ressalta a diretora da Fetec-CUT/CN Elis Regina.

Também diretor da Fetec-CUT/CN, Francinaldo Costa complementa: “É o momento para os empregados da Caixa demonstrarem toda a insatisfação com os desmandos desse desgoverno e lutar pela manutenção da nossa empresa pública".

Descaso com os trabalhadores

Na última rodada de negociação permanente, realizada no dia 12 de abril, em Brasília, entre a Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa e a direção da empresa, os debates foram infrutíferos e sem avanços. Mais uma vez, os representantes da empresa demonstraram total descaso com as reivindicações dos trabalhadores.

Além da defesa da Caixa 100% Pública, a manifestação de quinta será contra a venda das áreas mais lucrativas do banco, na defesa do seu papel social, contra as manobras que reduzam o lucro da Caixa, por mais reconhecimento ao trabalho dos empregados, por mais contratações já e pelo fim do assédio moral.

Mariluce Fernandes
Do Seeb Brasília