Sindicato alerta bancários do Santander que categoria não trabalha aos sábados

Sindicato alerta bancários do Santander que categoria não trabalha aos sábados Destaque

Sindicato alerta bancários do Santander que categoria não trabalha aos sábados

O Santander pretende abrir 29 agências em todo o país, em dois finais de semana, nos meses de maio e junho, para prestar orientações sobre educação financeira. Para isso, está convocando voluntários para trabalharem aos sábados, das 8h30 às 12h, sem proteção das leis trabalhistas.

O Sindicato orienta os bancários a não se intimidarem e a não fazerem inscrição no Programa de Voluntariado de Orientação Financeira do Santander. “Isso é um absurdo e uma total exploração, ninguém tem obrigação de trabalhar sem receber nenhum centavo. Além de ser ilegal, bancário não trabalha aos sábados”, ressalta Rosane Alaby, diretora do Sindicato e funcionária do Santander.

E acrescenta: “Como se não bastassem as cobranças de metas abusivas e o assédio velado, e empurrar os clientes para o autoatendimento, o Santander quer sobrecarregar ainda mais o bancário, instituindo de forma unilateral a abertura de agências aos sábados”.

Proibido por lei

A Lei 7.430 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) é específica, conforme o artigo 224, “a duração normal dos empregados em bancos, casas bancárias e Caixa Econômica Federal será de 6 (seis) horas continuas nos dias úteis, com exceção dos sábados, perfazendo um total de 30 horas de trabalho por semana. (Redação dada pela Lei nº7.430, 17/12/85, DOU 18/12/85 – CLT).

O Sindicato avisa que está atento a essa convocação abusiva e garante que vai tomar as medidas cabíveis contra essa irregularidade do Santander. Bancário não trabalha aos sábados!




Mariluce Fernandes
Do Seeb Brasília