Eleições do Sindicato transcorrem normalmente no primeiro dia de votação

Eleições do Sindicato transcorrem normalmente no primeiro dia de votação Destaque

Eleições do Sindicato transcorrem normalmente no primeiro dia de votação

O primeiro dia de votação para a escolha da nova diretoria do Sindicato dos Bancários de Brasília (triênio 2019/2022), que começou nesta quarta-feira (15), transcorreu dentro da mais perfeita normalidade. No total, 4.345 bancárias e bancários sindicalizados já votaram, por meio das 70 urnas fixas e itinerantes. A votação termina na sexta (17). 

A Comissão Eleitoral, coordenada pelo diretor da CUT/Brasília, Douglas de Almeida Cunha, reitera a importância da participação de cada bancário sindicalizado para decidir os próximos passos da categoria.

O horário de funcionamento das mesas coletoras de votos é das 9h às 18h. Os bancários podem votar por meio das urnas itinerantes que percorrerão agências, PABs e prédios. Nas unidades que funcionam à noite, a votação será apenas nesta quarta (15) e amanhã (16). 

QUEM VOTA

  • Todos os bancários que se sindicalizaram até 3 (três) meses antes da eleição, ou seja, até o dia 14 de fevereiro de 2019, e que estejam com as mensalidades em dia.
  • Aposentado (desde que não tenha sido por meio de plano de demissão voluntária), bem como o desempregado há 3 (três) meses, ou seja, após o dia 14 de fevereiro de 2019, mediante comprovação de sua aposentadoria ou do desemprego, e desde que tenha sido sócio do Sindicato por pelo menos 6 (seis) meses antes de sua aposentadoria ou desemprego, conforme § primeiro do art. 76º do Estatuto do Sindicato.
  • Bancários sindicalizados que estejam afastados do trabalho por motivo de saúde e quites com as mensalidades.

COMO E ONDE VOTAR

  • Associado em atividade
    As urnas percorrerão todos os locais de trabalho durante a votação.

  • Aposentados e demitidos
    Votarão na Sede do Sindicato. Também poderão votar em qualquer urna - neste caso, o voto é em trânsito.

  • Voto em trânsito
    Poderá votar em trânsito, ou seja, em qualquer urna mas em envelope destacado, qualquer associado que tiver direito a voto e que não esteja na listagem da urna específica mas esteja na lista geral de votação. Não sendo encontrado o nome do associado nas listagens geral e específica, será colhido o seu Voto em Separado (também em envelope específico). Tanto o Voto em Trânsito quanto o Voto em Separado serão analisados na apuração para se evitar o risco de dupla votação.   

Documentos

  • O eleitor, para exercer o seu direito de votação, terá a necessidade de identificar-se aos mesários apresentando um dos seguintes documentos: Carteira de Trabalho e Previdência Social, Carteira de Identidade, Certificado de Reservista, Carteira Nacional de Habilitação ou Carteira funcional da empresa, desde que tenha fotografia.

Da Redação